21 Janeiro 2020 - 08:21

Como usar a internet para conhecer gente nova e se relacionar

Pixabay

Falar sobre o mundo globalizado através da rede mundial de computadores é um clichê muito grande, mas não deixa de ser verdade. Quando falamos nisso, a primeira coisa que vem à mente provavelmente são as pessoas conectadas, não importando onde estejam.

Ao longo dos anos, isso representou oportunidades de negócio, turismo, câmbio de informações e experiências e mais um sem-número de atividades.

Porém, o objetivo primário e básico, que é conectar pessoas, continua não apenas vivo, como é um dos principais motivos para qualquer ligar o computador e ativar o Wi-Fi do celular até hoje.

Por conta dessa conectividade, dezenas de sites e aplicativos ao longo das últimas décadas nasceram com o propósito de unir pessoas com interesses em comum, não importa onde. A seguir, saiba mais sobre como conhecer gente nova e interessante online.

Redes sociais

O verdadeiro marco da década foi a expansão das redes sociais online, algo que se iniciou com sites como MySpace e Orkut no começo da década passada, e hoje existe no formato do Facebook, Twitter, Instagram e outros.

O primeiro é ótimo para se conectar online com conhecidos do mundo real, mas também para conhecer gente com interesses em comum. Twitter e Instagram são úteis para procurar famosos e se inteirar nas pessoas que admiramos, mas também podem ser usados para conhecer gente interessante através das hashtags.

Uma coisa interessante sobre redes sociais é que muitos dos relacionamentos nascidos e mantidos lá acabam se tornando dos mais duradouros. Mesmo quando as coisas começam à distância, a internet serve para aproximar e conectar.

Sites para conhecer gente nova

Falamos já das redes sociais, cujo objetivo é conectar pessoas, mas não necessariamente fazê-las se conhecer por lá. Existem sites, porém, específicos para isso. A ideia de domínios como Chatroulette, Faceflow e Omegle é justamente oferecer a oportunidade para que estranhos se conheçam de forma aleatória.

Em virtualmente qualquer um destes e outros que citamos, o usuário simplesmente se cadastra e em poucos segundos pode se conectar com muita gente e em qualquer lugar do mundo.

As conversas geralmente começam de maneira bem informal, com troca de informações pessoais básicas (nome, país de origem e de residência, idade, etc.) e podem evoluir para uma amizade genuína ou até mais que isso.

É perfeitamente viável, através de sites como o Best Matchmaking, conseguir até mesmo manter relacionamentos duradouros que podem se tornar noivados e casamentos de sucesso.

Apps de relacionamento

Ao tratar de usar a internet para obter um relacionamento, seja ela casual ou com pretensões mais duradouras, é inevitável citar os chamados apps de relacionamento.

Como o nome já entrega, foram desenvolvidos para fazer contatos profissionais ou admirar atividades e eventos dos outros, mas sim conhecer homens e mulheres interessados em envolvimento romântico.

O nome mais conhecido de todos nesse ramo, sem dúvidas, é o Tinder, que atualmente é um dos mais rentáveis e populares do mundo, mas não é o único.

Existem opções, por exemplo, voltadas para o público LGBT, como o Grindr, ou ainda o Happn, que indica pessoas por proximidade geográfica automaticamente.

No final das contas, só fica sozinho hoje em dia quem quer. Mesmo que fisicamente você morasse numa ilha deserta, se lá tiver conexão com a internet, é muito fácil conhecer gente nova pelos meios virtuais, seja lá com qual objetivo.

Na internet tem site para trabalho, para ver foto e vídeo, para conversar com os amigos e, é claro, para conhecer o amor.

As opções estão na mesa e são eficientes, disso não há dúvida. Se até celebridades usam normalmente, qualquer um pode se divertir e explorar as possibilidades de encontrar o amor sem medo de ser feliz! 

Comentários comentar agora ❯