05 Dezembro 2023 - 00:00

Maceió vai sediar reunião nacional de pró-reitores de Graduação

Divulgação
Evento será oportunidade de debater e planejar políticas acadêmicas para os próximos anos

A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) será a anfitriã da 5ª reunião do Colégio de Pró-reitores de Graduação (Cograd), da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). Nos próximos dias 7 e 8 de dezembro o evento vai ser realizado pela Ufal, no Centro de Inovação do Jaraguá.

O pró-reitor de Graduação, Amauri Barros, é o atual coordenador da Regional Nordeste do Colégio e destaca a importância do evento para os debates relativos ao ensino superior. “O Cograd é o principal instrumento de apoio da Andifes no planejamento, na implementação e no acompanhamento das políticas acadêmicas na graduação das instituições. Todas as definições, todo o planejamento educacional, a definição de políticas, o monitoramento, a avaliação, isso tudo é discutido a nível de Cograd. É um privilégio para a Ufal sediar um evento nacional como esse”, ressaltou.

A programação do encontro foi planejada para iniciar a partir das 13h com apresentação artística e abertura oficial pela direção nacional do Cograd. O primeiro painel de debate será feito pelo diretor da Diretoria de Políticas e Programas de Educação Superior (Dippes), Alexandre Brasil, que vai abordar a nova Lei de Cotas e o ingresso às Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes), com a participação do pró-reitor Adilson Pereira Santos (Ufop) e mediação de Jerônimo Siqueira Tybusch (UFSM).

“A Lei de Cotas foi revisada recentemente e está sendo renovada por mais de 10 anos, com novos contornos. Ela traz novidades, a inclusão da pós-graduação, a inclusão do grupo quilombola, e o critério de renda também mudou”, comentou Amauri, sobre a discussão que será feita no primeiro dia e adiantando que a temática será mais aprofundada num dos Grupos de Trabalho (GT) que serão formados no dia seguinte com a contribuição de representantes da Copeve-Ufal e do Núcleo de Estudos Afrobrasileiros e Indígenas (Neabi).

De acordo com o pró-reitor da Ufal, alguns temas também se repetem a cada edição do evento porque são questões comuns às universidades e precisam ter debates renovados. Com isso, os GTs foram subdivididos em Formação; Docente no Ensino Superior; Formação Inicial e Continuada; Ingresso; Plataformas e Estratégias de Combate à Evasão; Educação Superior; Programas Especiais: PET, Pibid e RP; e Inclusão e Ações Afirmativas.

Para os trabalhos os grupos fizeram pesquisas e levantamentos que serão compartilhados coletivamente e depois terão os resultados consolidados e apresentados para os demais participantes do evento. A Ufal também convidou representantes de instituições parceiras como o Instituto Federal de Alagoas (Ifal), e as Universidades Estadual de Alagoas (Uneal) e de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) para colaborar com as discussões.

A 5ª Reunião do Cograd vai finalizar com a eleição dos próximos coordenadores regionais e a coordenação nacional que vai conduzir os trabalhos em 2024.

por Ufal

Comentários comentar agora ❯