08 Novembro 2019 - 11:15

Prefeitura de Maceió segue com serviços de sinalização nas comunidades

O Programa Nova Maceió segue levando obras de pavimentação, serviços de sinalização e de iluminação pública às ruas da capital. Ao longo desta semana, a equipe de Obras Viárias da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) executou os trabalhos de implantação de faixas de pedestres, instalação de placas e pintura de quebra-molas nos bairros da Gruta, Ponta Verde e Cidade Universitária.

A Rua Cedro, localizada na Gruta, ganhou uma pintura completa das faixas contínuas e recebeu também a implantação de áreas exclusivas de estacionamento. No local, também foram instaladas placas de proibido estacionar para coibir e evitar a parada de motoristas em pontos que podem atrapalhar a fluidez do trânsito.

Outra via contemplada com os serviços da SMTT foi a Avenida José Moura Rocha, no Cidade Universitária. O local recebeu placas indicativas de limite de velocidade e de lombadas, que irão melhorar a visibilidade dos condutores que dirigem diariamente pela região.

“A SMTT está muito engajada com o Programa Nova Maceió, levando diariamente sinalizações de qualidade para diversos bairros da cidade. Vias devidamente sinalizadas refletem em mais segurança e qualidade de vida para os maceioenses, que poderão atravessar uma via com mais tranquilidade e dirigir pelos principais corredores de transportes de forma mais organizada”, afirmou Antônio Moura, superintendente de Transportes e Trânsito de Maceió.

Já os cruzamentos espalhados na Rua Deputado José Lages, na Ponta Verde, foram contemplados com a pintura de novas Marcações de Área de Conflito (MAC). Esse tipo de sinalização tem como intuito reforçar a proibição de parada ou estacionamento de veículos nos locais. A importante via recebeu também 36 novas faixas de pedestres e 71 placas de trânsito, que regulamentam os limites de velocidade, o sentido de direção na via e que indicam a travessia de pedestres para dar mais segurança para a população.

por Secom - Maceió

Comentários comentar agora ❯