08 Dezembro 2023 - 09:40

Confira quais são os principais cuidados com a saúde nos dias quentes

Atenta aos impactos que o calor vem causando na saúde da população, a Secretaria de Saúde de Maceió (SMS) reforça as novas orientações e recomendações emitidas pelo Ministério da Saúde, para que os profissionais possam lidar com os desafios da saúde pública durante as ondas de calor previstas para o verão.

Elaborada pelos departamentos de Emergências em Saúde Pública e de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador, que integram a Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente do Ministério da Saúde (DEMSP-DSAST/SVSA/MS), a Nota Técnica Nº 18/2023-SVSA/MS destaca o quanto as altas temperaturas que vêm sendo registradas no País têm um impacto significativo na saúde humana.

A área técnica do Ministério destaca que o aumento súbito das temperaturas pode sobrecarregar o sistema cardiovascular, respiratório e urinário, piorando doenças e agravos relacionados ao calor. Além disso, a exposição prolongada ao sol pode levar a riscos como insolação, desidratação, queimaduras e exaustão térmica.

A Nota Técnica alerta, ,ainda que certos grupos são mais vulneráveis a esses eventos, incluindo crianças, idosos, gestantes, lactantes, pessoas com doenças crônicas, trabalhadores ao ar livre e populações em situação de rua, entre outros. Fatores socioeconômicos, como a falta de acesso a ambientes climatizados, também aumentam a vulnerabilidade.

“A Vigilância em Saúde Ambiental vê a importância da população ter acesso à informação de como agir nesse momento de extremo calor. É importante que todos estejam cientes das recomendações enviadas pelo Ministério da Saúde”, explica a gerente de Vigilância Ambiental da SMS, Andrea Eufrazio.

A gerente reforça que as ondas de calor são eventos sérios que exigem atenção e preparação e que seguir as recomendações é possível mitigar os impactos na saúde durante esses eventos. "Proteger a população, especialmente os grupos mais vulneráveis, é uma prioridade que deve ser compartilhada por todos. A prevenção é a melhor maneira de enfrentar as elevadas temperaturas e minimizar os efeitos severos na saúde", informa.

Para enfrentar as ondas de calor, é fundamental seguir as seguintes recomendações:

Hidratação: mantenha-se bem hidratado, bebendo água regularmente.

Proteção Solar: use protetor solar, chapéus e roupas adequadas.

Evite exposição ao sol: reduza a exposição prolongada ao sol, especialmente durante os horários mais quentes do dia.

Atenção aos sintomas: esteja atento a sintomas como náusea, cãibras, fraqueza e dor de cabeça. Procure ajuda médica se necessário.

Cuidado com grupos vulneráveis: proteja crianças, idosos, gestantes e outras populações vulneráveis.

Em eventos de massa: durante eventos com aglomerações, garanta acesso à água e áreas de sombra. 

por Secom - Maceió

Comentários comentar agora ❯