05 Dezembro 2023 - 05:00

Setur lança programa Destino + Acessível durante congresso nacional em Maceió

Setur
Cartilha digital de 28 páginas está disponível gratuitamente no site setur.al.gov.br

Durante a cerimônia de encerramento do 27º Congresso Nacional das APAEs, a Secretaria de Estado do Turismo de Alagoas (Setur) lançou o programa Destino + Acessível. O objetivo da iniciativa, realizada em parceria com a Secretaria de Estado da Cidadania e da Pessoa com Deficiência (Secdef), é fornecer mais informações sobre o atendimento mais humanizado e de alto padrão.

No documento de 28 páginas disponibilizado digital e gratuitamente no site setur.al.gov.br, é possível conferir conceitos básicos sobre os tipos de deficiência, combate ao capacitismo, além de recomendações de formas de linguagem e acessibilidade. O arquivo está disponível tanto para visualização quanto para download e compartilhamentos.

Para a secretária de Estado do Turismo de Alagoas, Bárbara Braga, a iniciativa é o primeiro passo para democratizar o acesso aos atrativos turísticos de Alagoas. “Trabalhamos para consolidar Alagoas como um destino acessível não apenas para ampliar as oportunidades de negócios e turismo, mas também reforçar o compromisso do Estado de Alagoas com a sustentabilidade e o respeito à diversidade. Cada visitante, independentemente de suas habilidades físicas, deve desfrutar plenamente das belezas naturais e culturais que o nosso estado oferece”, destacou a secretária de estado.

De acordo com o decreto federal 11.303 de 2022, todos os meios de hospedagem construídos até junho de 2004 terão até ano que vem para garantir mínimo de 10% de seus quartos acessíveis. O prazo inicial previsto desta medida era março de 2022, mas pela situação econômica imposta pela pandemia de Covid-19, o prazo foi estendido.

Segundo a secretária de Estado da Cidadania e da Pessoa com Deficiência, Aline Rodrigues, todas as políticas públicas em prol da acessibilidade são bem-vindas. “Ainda há um longo caminho a percorrer para garantirmos a total acessibilidade em nosso estado. São diversos desafios, seja de infraestrutura ou de informações, mas estamos trabalhando para fomentar a democratização do turismo, não só para os visitantes, mas também para os alagoanos”, finalizou a secretária.

ESCOLA DO TURISMO

Além do lançamento do programa, durante a cerimônia também foi assinado um termo de cooperação entre a Setur e Secdef, com apoio da APAE Alagoas, para facilitar a inclusão de pessoas com deficiência nos cursos do Programa Escola do Turismo. Até julho de 2024, 11 mil vagas em cursos gratuitos serão disponibilizadas pelo Governo de Alagoas em 40 cidades do estado.

As aulas, que têm cronogramas divulgados mensalmente, são ministradas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e pelo Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Alagoas (Sindhal). Em breve, o Programa contará também com cursos ministrados pelo Sebrae Alagoas.

por Setur

Comentários comentar agora ❯