06 Outubro 2023 - 08:28

Polícia Civil segue em busca de homem suspeito de raptar criança de 10 anos em Penedo

cortesia - aquiacontece.com.br
Buscas seguem pela região

Equipes da Delegacia Regional de Penedo seguem em buscas ininterruptas pelo paradeiro de Genivaldo da Conceição Santos, conhecido como Geninho, que desapareceu do povoado Capela, localizado na zona rural do município de Penedo, levando uma criança de apenas 10 anos, sem deixar rastros.

De carro, a pé, em meio a matagais e até mesmo de barco, percorrendo municípios ribeirinhos, agentes da delegacia de Penedo seguem desde a manhã desta quinta-feira, dia 05, realizando diligências para tentar descobrir o paradeiro do elemento que já tem passagem pelo sistema prisional sergipano pelo crime de estupro.

Apesar das buscas incessantes, até o momento não se tem nenhuma pista sobre o paradeiro da menina e do homem que é chamado de tio pela garota, mesmo não tendo um grau de parentesco próximo com ela.

As buscas por Gennify Rayanny Soares dos Santos Reis continuam e qualquer informação que possa ajudar na localização da criança e/ou do suspeito deve ser repassada diretamente para o WhatsApp da delegacia de Penedo, através do número (82) 9.9833-5091. Quem preferir pode ligar para o Disk Denúncia da Polícia Civil, através do 181. A ligação é gratuita e o denunciante não precisa se identificar.

Relembre o caso:

Gennify Rayanny desapareceu do povoado Capela no início da noite da última quarta-feira, 04 de outubro. Ela estava brincando na porta de sua residência enquanto aguardava sua família terminar de preparar o jantar. Ao chamar a garota para se alimentar, familiares da criança perceberam que ela havia desaparecido misteriosamente.

Pouco tempo depois, a família da criança percebeu também que Genivaldo da Conceição também havia desaparecido. Desde então, buscas estão sendo realizadas por toda a região, mas até o momento sem nenhuma pista concreta que possa ajudar na elucidação do caso, que tem mobilizado também a comunidade local.
 

por Redação

Comentários comentar agora ❯