07 Dezembro 2023 - 03:00

Homem é condenado a 12 anos por homicídio a facadas no interior de Alagoas

TJ AL
Após discussão, réu retornou para o local do crime com uma faca e desferiu golpes nas costas da vítima

O réu Antônio Lino da Silva foi condenado a 12 anos de reclusão pela morte de Valdemiro Batista da Silva, a facadas. O crime aconteceu em 2022, no município de São Miguel dos Campos, motivado por desentendimento entre os envolvidos, em um bar. O júri foi conduzido pela juíza Laila Kerckhoff dos Santos, da Vara do Único Ofício da Comarca.

Antônio cumprirá a pena em regime inicialmente fechado. No cálculo da pena foram consideradas qualificadoras o motivo fútil, o recurso que impossibilitou a defesa da vítima, assim como a atenuante da confissão.

A magistrada decidiu que o réu não poderá recorrer em liberdade, “em razão da gravidade concreta do delito, na medida em que o acusado, embriagado, de forma desequilibrada e ousada, esfaqueou a vítima [...] motivado por uma discussão, o que leva a crer que, se solto, poderá novamente se embriagar e repelir eventuais atos descorteses com uma conduta extrema e violenta, como a julgada na presente data”.

Crime

O delito aconteceu no dia 21 de dezembro de 2022, quando os envolvidos estavam em um bar consumindo bebidas alcoólicas. De acordo com o depoimento do réu, no momento em que ele foi cumprimentar os presentes no estabelecimento, sua mão acabou batendo na vítima que, depois de um tempo, foi tirar satisfações.

Segundo a denúncia, câmeras de segurança gravaram o momento em que houve a discussão. Logo após a briga, Antônio se retira do local e volta portando uma arma branca, desferindo golpes no ombro de Valdemiro, que foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

por TJ AL

Comentários comentar agora ❯