11 Janeiro 2018 - 16:21

Justiça impõe medidas cautelares a homem acusado de ameaçar, caluniar e difamar o prefeito de Penedo

A 4ª Vara Criminal de Penedo, responsável por analisar e julgar o processo movido pelo prefeito Március Beltrão Siqueira contra a pessoa de Paulo Roberto Casado Luz, vulgo Paulinho Xexéu, decretou nesta quinta-feira, 11 de janeiro, medidas cautelares que deverão ser cumpridas pelo acusado, sob pena de prisão.

De acordo com o juiz de Direito, Rafael Wanderley Casado da Silva, o acusado não poderá ter acesso ou frequência às dependências da festa de Bom Jesus dos Navegantes e está proibido de manter contato ou se aproximar do prefeito Március Beltrão, devendo manter, no mínimo, 200 metros de distância do gestor municipal.

Ainda em sua decisão, o magistrado alerta que caso haja notícia de descumprimento de qualquer das medidas cautelares impostas será decretada a prisão preventiva do acusado que já responde a pelo menos outros 11 (onze) processos no Poder Judiciário de Alagoas, por crimes contra a honra, dano e ameaça, por exemplo.

Não é de agora que Paulinho Xexéu tem seu nome envolvido em ocorrências policiais. Em junho de 2010, ele chegou a ser preso acusado de ter furtado uma bolsa contendo a quantia de R$ 1500 e que era pertencente a um morador do município de São Sebastião.

Ainda em 2010, o indivíduo teve problemas com a Justiça Federal depois de descaracterizar o patrimônio público pintando monumentos com as cores verde e amarela, o que contrariou o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Já em setembro de 2013, Paulinho Xexéu voltou a ser preso. Dessa vez, o indivíduo agrediu com um tapa no rosto e palavras de baixo calão uma jovem de 20 anos que estava trabalhando em um restaurante situado no Centro do município ribeirinho. Ele também já foi processado por danificar um caixa eletrônico em Penedo, sendo obrigado por determinação judicial a arcar com os prejuízos do conserto, entre outras penalidades.

O caso

No dia 04 de janeiro, Paulo Roberto Casado Luz produziu um vídeo com cunho difamatório contra a pessoa de Március Beltrão e postou nas redes sociais. Não satisfeito, o indivíduo, nos dias seguintes, fez novas gravações nas quais mais uma vez denigre, achincalha e ameaça de agressão o prefeito de Penedo.

Diante desses fatos, o chefe do Executivo municipal compareceu à Delegacia Regional de Penedo e perante o delegado Fernando Lustosa solicitou que fosse confeccionado dois boletins de ocorrência contra o acusado, relatando seu desejo de representar criminalmente contra o investigado pelos crimes contra a sua honra e também por ameaça.


 

por Redação

Comentários comentar agora ❯

  • Antônio Barreto Tá de parabéns a justiça, ideal seria ter esse cidadão fora de circulação. Confesso que fiquei espantado com a extensa ficha criminal do vulgo. Vamos ver se os programas de rádio que dantes abriam os microfones, agora o farão?!
  • china mano ta certo pk nois de penedo estamos cansado disso...por isso que falo a verdade doi isso ai voce das antigas paulinho xexeu conheco e sei que muitos se esconde