02 Agosto 2021 - 16:12

Não deixar nenhum estudante para trás: Governo de AL intensifica busca ativa na pandemia

Jonathan Lins
A Busca Ativa tem sido uma ação determinante para o resgate do engajamento de toda a comunidade escolar

“Temos a grande missão de não deixar nenhum aluno para trás. Nenhum jovem ou criança deveria estar fora do ambiente escolar, está chegando a hora de todos voltarem para o seu lugar, a sala de aula”, defende o secretário da Educação, Rafael Brito, sobre as ações desenvolvidas pela iniciativa da Busca Ativa em Alagoas. A estratégia que combate o abandono e a evasão escolar foi intensificada no estado desde 2020, com o início das atividades remotas nas unidades de ensino, em virtude da pandemia da Covid-19.

Há dois anos, o Governo de Alagoas trabalha em parceria com a Unicef e os municípios em um grande plano de ação, no qual as escolas e as gerências regionais desenvolvem métodos para, efetivamente, ir em busca dos jovens e crianças que não estão participando das atividades pedagógicas. Seja através de campanhas, implementação de Dia ‘D’, comunicados em carros de som, impressão de atividades até a criação de grupo de whatsapp, ligação e ida até a casa das famílias, a Busca Ativa tem sido uma ação determinante para o resgate do engajamento de toda a comunidade escolar.

Dentro desse objetivo, muitas unidades de ensino da rede estadual vêm se destacando com resultados expressivos no crescimento da participação dos alunos no período de aulas remotas. Lá do distrito de Luziápolis, no município de Campo Alegre, a gestora Valquíria Assis, da escola em tempo integral Dorgival Gonçalves, aposta na combinação de iniciativas para atingir o máximo número de jovens estudantes no combate ao abandono escolar. Os resultados já comprovam a efetividade dos projetos.

“Nesse momento de pandemia, em que tivemos um desafio maior em manter contato e engajar os nossos alunos, uma das ações chaves que realizamos neste ano foi conciliar as datas de entrega do kit merenda com a entrega das atividades impressas. Aliado a isso, temos desenvolvido uma série de estratégias que levou a escola Dorgival Gonçalves a saltar da média de 30%, 40% para 80 a 85% de participação dos alunos do integral nas atividades pedagógicas. O desafio é grande, mas não podemos parar”, salienta Valquíria de Assis.

Resultados 2020

Quando aderiu à plataforma de Busca Ativa da Unicef em 2019, a Secretaria da Educação criou em paralelo o Programa Estadual de Combate ao Abandono e Evasão Escolar (BUSCAE) nas unidades de ensino. Desde então, o Governo de Alagoas tem intensificado o trabalho para que o processo de aprendizagem dos estudantes não seja prejudicado, em especial durante o período de aulas remotas.

“A Busca Ativa Escolar é uma estratégia composta por metodologia social e ferramentas tecnológicas que garante suporte aos gestores da Educação no acompanhamento dos dados quantitativos de crianças e adolescentes que estão fora da escola. Em 2020, dos 176 mil matriculados nas nossas escolas estaduais, 30 mil tinham evadido e graças ao fortalecimento e comprometimento dos nossos diretores, gerentes e conselhos escolares, alcançamos 80% desses estudantes que estavam afastados”, celebra a coordenadora do Busca Ativa em Alagoas, Dileusa Costa.

por Agência Alagoas

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.