02 Agosto 2021 - 08:14

Vida Nova nas Grotas muda a vida dos moradores da comunidade da Princesa

Thiago Sampaio
Programa Vida Nova nas Grotas

As obras de infraestrutura urbana executadas na Grota da Princesa, bairro do Benedito Bentes, em Maceió, foram entregues na manhã deste sábado (31) pelo governador Renan Filho e pelos secretários do Transporte e do Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral; e da Fazenda, George Santoro. Essa foi a 46º comunidade beneficiada pelo Programa Vida Nova nas Grotas, que tem como meta chegar a todas as 100 localidades existentes na capital alagoana, onde moram mais de 250 mil pessoas.

O último dia de julho proporcionou uma manhã ensolarada e agradável de inverno, que só fez ainda mais reluzir as benfeitorias feitas na Grota da Princesa pelo Governo do Estado, através da Secretaria do Transporte e do Desenvolvimento Urbano (Setrand). Foram implementados ali quase dois quilômetros de escadarias, 147 metros de canaletas, 1.270 metros de corrimão, 87 metros de muro de contenção e 1.600 m² de calçadas.

Renan Filho percorreu toda a grota: subiu e desceu escadarias; conversou com o povo e pôde sentir de perto a satisfação dos moradores pelas obras implementadas que, aparentemente simples, fazem toda a diferença no dia a dia de quem mora numa grota, localidade com topografia acidentada, caracterizada por grandes depressões no terreno, que dificultam a mobilidade.

“Essa sensação que eu tive aqui hoje é o que me anima, o que recarrega as minhas baterias. Estou aqui todo suado, o corpo inteiro, mas muito feliz em ver que o Governo consegue levar às pessoas coisas de verdade. Somos recarregados pelas esperanças renovadas das pessoas e nós precisamos trabalhar mais”, apontou Renan Filho.

O morador Cícero José dos Santos foi um dos que conversaram com o governador. Para ele, a satisfação veio em dobro. O Vida Nova nas Grotas além de eliminar o lamaçal que tomava conta da porta de casa, lhe garantiu renda. O servente de pedreiro foi um dos empregados da obra.

“Quando eu saía para fazer feira, trazia nas costas porque o carro não chegava até aqui. Agora, graças a Deus, está melhor: chega carro e moto na porta. Tá tudo bonitinho”, comemora Cícero José dos Santos. Edna Maria Ferreira da Silva tem 47 anos de idade e mora na Grota da Princesa desde os 12. Como ninguém, sabe das transformações por que passou a comunidade depois do Vida Nova nas Grotas.

“Mudou muito”, atestou. “Pra subir era uma dificuldade danada, principalmente com criança doente pra ir pro Mini Pronto Socorro, debaixo de chuva; era muito ruim. Eu falava: ‘uma dia isso aqui melhora, com fé em Deus alguém vai se lembrar dessa grota, num tá danado?’ Aí fizeram essa obra aqui e tá uma bênção”.

“Agora não tem mais lama. E eles vêm ajeitar; é tudo ajeitadinho, tudo limpinho”, contou a dona Luzinete Alves da Silva, 77, apontando para as canaletas, que foram desobstruídas para a passagem das águas. “Nós, que somos pobres, precisamos muito: primeiramente de Deus e, depois, das pessoas da terra que querem ajudar e que podem ajudar”.

O secretário Mosart Amaral informou que o Vida Nova nas Grotas encontra-se com obras sendo executadas em 25 comunidades. Somando às 46 finalizadas, ele calcula que cerca de 200 mil moradores já foram impactados positivamente pelas benfeitorias do programa em Maceió.

“Já estamos em 71 das 100 grotas existentes em Maceió, nas quais temos 46 prontas e 25 em andamento. Até o final do governo, certamente chegaremos a todas. São obras que contemplam a construção, por exemplo, de parques lineares que vão levar mais dignidade aos moradores e opções de lazer”, pontuou.

ONU-HABITAT

O Vida Nova nas Grotas é executado há cinco anos. A iniciativa proporciona melhoria da qualidade de vida e eleva a autoestima dos moradores das comunidades que são beneficiadas por meio de obras estruturantes e de ações que promovem esporte, lazer, inclusão social e empreendedorismo.

“A parte humana desse projeto, além da engenharia e da arquitetura que melhoram as condições de acesso, ajuda muito”, destacou George Santoro.

Coordenado pela Setrand e desenvolvido em parceria com o ONU-Habitat, o programa tem sido reconhecido internacionalmente ao longo dos anos pelo impacto social na vida da população: foi um dos vencedores do concurso Gobernarte: A Arte do Bom Governo – Prêmio Eduardo Campos, concedido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), além de ter vencido no World Smart City Awards, na categoria Qualidade de Vida e Inclusão.

O Governo do Estado investiu mais de R$ 4,1 milhões em recursos próprios nas obras de infraestrutura urbana executadas na Grota da Princesa. “Você poder ter dinheiro do Tesouro Estadual para fazer esses programas é muito importante para agilizar as ações, porque convênios demoram muito, as obras param no meio do caminho. Mas, com o dinheiro do Tesouro, as obras fluem mais rapidamente e as pessoas conseguem sentir melhor as mudanças”, acrescentou George Santoro.  

por Agência Alagoas

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.