10 Maio 2009 - 07:46

Alagoas registra primeiros casos suspeitos de Gripe A

 A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informa que foram notificados dois casos suspeitos de Gripe A (H1N1) em Alagoas, sendo o primeiro avaliado e por apresentar sintomas de gripe comum foi liberado pela equipe médica do Hospital Escola Hélvio Auto, unidade refêrencia em doencas infectocontagistas. Trata-se de um adulto, que mesmo liberado, continuará sendo monitorado.

Em função dos sintomas apresentados pelo segundo caso, uma mulher adulta, que esteve no México há nove dias, está sendo avaliada e submetendo-se a uma série de exames específicos. Ela se encontra numa sala de pressão negativa do hospital Hélvio Auto. Ela está estável, consciente e foi de iniciativa comunicar à Anvisa que esteve naquele país e teria apresentado sintomas de gripe. O transporte da paciente da paciente para o hospital foi feito pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O caso só será confirmado após análise do material coletado, neste sábado (9), pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) que encaminhará na segunda (11) o material ao laboratorio Fiocruz, no Rio de Janeiro.

A sesau está mobilizada, por meio das Vigilâncias Epidemiológica, Sanitária, Lacen , Samu, e o hospital Hélvio Auto para aplicar o plano de contingência, anunciado na semana passada para enfrentar situaçoes dessa natureza.

A Sesau salienta que comunicou o caso a Agência Nacional Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre os procedimentos adotados até o momento. Apesar da suspeita desses dois casos as autoriadades sanitárias de Alagoas orientam à população, assim como os familiares dos pacientes, que não há motivos para pânico porque todas as medidas sanitárias necessárias estão sendo tomadas para evitar uma possível proliferação do vírus.

Gripe A - É uma doença respiratória aguda (gripe), causada pelo vírus A (H1N1). Este novo subtipo do vírus da influenza é transmitido de pessoa a pessoa principalmente por meio da tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.


 

por Sesau

Comentários comentar agora ❯