11 Dezembro 2009 - 09:12

Diretora regional do Senac Alagoas anuncia novas vagas de cursos gratuitos

A diretora regional do Senac Alagoas, Telma Ribeiro Guimarães, anunciou  durante participação na Conferência Estadual de Educação, a abertura de novas vagas de cursos gratuitos para a população de baixa renda por meio do PSG (Programa Senac de Gratuidade). “A partir do dia 4 de janeiro o edital será publicado em nosso site. Ao longo do ano lançaremos 3 editais, sendo o primeiro em fevereiro”, explicou. É através do PSG que o Senac Alagoas contribui para a capacitação e inclusão de pessoas carentes no mercado de trabalho. Telma Ribeiro respondeu às perguntas do público sobre o programa, durante a palestra do gerente de Educação a Distância do Senac, Vicente Barreto, na temática “Educação Profissional: Demanda e Inclusão Social”. A conferência prossegue até amanhã, no CEPA.

Vicente Barreto falou dos programas de inclusão social do Senac Alagoas e apresentou números que atestam o sucesso do PSG. Em 2009 foram efetivadas 1.225 matrículas em cursos gratuitos do programa. E a previsão para 2010 é de efetivação de 1.964 matrículas que são oportunidades de crescimento profissional e mais chances de emprego para centenas de alagoanos de baixa renda. O compromisso do Senac com a inclusão social observa-se também na contratação de portadores de deficiência em seus quadros funcionais e na oferta do curso de Libras (Linguagem Brasileira de Sinais).

O gerente de EAD do Senac Alagoas falou também sobre a responsabilidade dos educadores: “A sociedade está cada vez mais marcada pela exclusão. O processo produtivo é complexo e exige profissionais qualificados, uma realidade a qual o cidadão comum não tem acesso. Nós professores temos a responsabilidade em sala de aula de primeiro ensinar o indivíduo a ler o mundo e depois a ler a palavra”, afirmou referindo-se à pedagogia do educador Paulo Freire, segundo a qual a educação passa pela conscientização do indivíduo. Mais informações sobre o Programa Senac de Gratuidade podem ser obtidas no site www.al.senac.br

por Assessoria

Comentários comentar agora ❯