15 Julho 2021 - 20:50

Boletim desta quinta-feira: Alagoas tem 224.758 casos da Covid-19 e 5.594 óbitos

Agência Alagoas
Foram registradas mais 16 mortes em Alagoas nas últimas 24 horas

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), desta quinta-feira (15/7),confirma 170 novos casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 224.758 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dosquais 2.289 estão em isolamento domiciliar.Outros 216.352 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 8.774 casos em investigação epidemiológica. Foram registradas 16 mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 5.594 óbitos por Covid-19.

Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 5.594 óbitos por Covid-19, mas, oito deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres.Dos 5.586óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 3.111 eram do sexo masculino e 2.475 do sexo feminino.Eram 2.429 pessoas que residiam em Maceió e as outras 3.157 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

Óbitos – No boletim desta quinta-feira (15/7), mais 16 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, sendo seis vítimas da capital alagoana e dez do interior do Estado. As vítimas de Maceió eram três homens de 53, 63 e 74 anos, além de três mulheres de 31, 40 e 66 anos. O homem de 53 anos era hipertenso e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; o homem de 63 anos era diabético, tinha doença renal crônica e morreu no Hospital Vida, em Maceió; o homem de 74 anos tinha doença renal crônica dialítica e morreu no Hospital Vida, em Maceió; a mulher de 31 anos não tinha comorbidades e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Benedito Bentes, em Maceió; a mulher de 40 anos tinha depressão, era cardiopata, diabética, obesa e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; a mulher de 66 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió.

Em relação às dez vítimas que residiam no interior do Estado, eram cinco homens de 34, 51, 61, 64 e 78 anos, além de cinco mulheres de 69, 73, 77, 78 e 85 anos. O homem de 34 anos, era de São Brás, tinha obesidade, diabetes, hipertensão e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 51 anos, era de Craíbas, não tinha comorbidades e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 61 anos, era de Penedo, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; o homem de 64 anos, era de Santana do Ipanema, tinha doença cardiovascular, diabetes e morreu no Hospital Clodolfo Rodrigues, em Santana do Ipanema; o homem de 78 anos, morava em Tanque d’Arca, não tinha comorbidades e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; a mulher de 69 anos, morava em Teotônio Vilela, era hipertensa e morreu no Hospital Regional, em Arapiraca; a mulher de 73 anos, morava em Palmeira dos Índios, tinha hipertensão, diabetes, doença respiratória crônica e morreu no Hospital Medrádius, em Maceió; a mulher de 77 anos, era de Maragogi, tinha hipertensão e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; a mulher de 78 anos, morava em Palmeira dos Índios, tinha hipertensão, diabetes e morreu no Hospital Unimed, em Maceió; e a mulher de 85 anos, era de Messias, tinha hipertensão e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió.

Leitos de Covid-19 do Estado – Dos 1.488 leitos criados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 502 estavam ocupados até às 16 horas da quarta-feira (14/7), o que corresponde a 34% do total. Atualmente, 230 pacientes estão em leitos de UTI, 11 ocupando leitos intermediários e 261 em leitos de enfermaria. 

por Sesau

Comentários comentar agora ❯