24 Janeiro 2022 - 11:48

Covid-19: maioria dos pacientes internados em UTIs está com vacinação atrasada ou não se imunizou

Thiago Duarte
Unidades de Terapia Intensiva (UTI)

A maioria dos pacientes internados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) dos hospitais públicos de Alagoas está com o esquema vacinal atrasado ou não tomou nenhuma dose de imunizante. O dado preocupa o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, que pede incessantemente para que todos os alagoanos se vacinem.

Ayres, que sempre está alertando à população em suas redes sociais sobre a importância de completar o esquema vacinal contra a Covid-19, informou que no dia 23 de dezembro de 2021, havia 22 pacientes internados em UTIs públicas do Estado. Já no domingo (23), um ano após a data, são 86 pessoas internadas nas UTIs de Alagoas.

“Confirmamos quase 2 mil casos de Covid-19 nesse fim de semana e para quem pensa que só temos casos leves, veja esse comparativo: No dia 23 de dezembro do ano passado, tínhamos 22 pessoas internadas em leitos de UTI. No dia de hoje, um mês após aquela data, estamos com 86 pessoas internadas em leitos de UTI da nossa Rede Hospitalar Pública e a maioria não tomou nenhuma dose ou está com o esquema vacinal atrasado. Estamos reabrindo leitos em Alagoas e vamos continuar lutando para salvar vidas, mas precisamos da sua colaboração! Vacine-se e continue usando máscara”, explicou o gestor em suas redes sociais.

Dos 446 leitos criados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus e por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), 242 estavam ocupados até às 16 horas do domingo (23), o que corresponde a 54% do total. Atualmente, 86 pacientes estão em leitos de UTI, três pacientes estão ocupando leitos Intermediários e 153 estão nos leitos de Enfermaria.

por Agência Alagoas

Comentários comentar agora ❯