02 Julho 2021 - 08:00

Governo Federal orienta estados e municípios em relação à onda de frio prevista para o país

MDR
A previsão é que a temperatura caia no Rio Grande do Sul

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), promoveu,  encontro on-line com objetivo de preparar as Defesas Civis de estados e municípios para a onda de frio que foi instalado no país na última terça-feira (27).

A ideia é que as autoridades competentes adotem ações de preparação e procurem populações vulneráveis antes que elas busquem auxílio do poder público. Estão no foco, entre outros, indígenas, quilombolas, população de rua, imigrantes e viajantes de estados não afetados que possam chegar despreparados aos terminais rodoviários.

“O objetivo da reunião que promovemos nesta segunda-feira foi levar orientações técnicas e mobilizar tanto os municípios de alto risco quando aqueles que tradicionalmente não têm recorrência deste tipo de frio a se mobilizarem”, destaca o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil do MDR, coronel Alexandre Lucas. “É importante que as autoridades, em parceria com o terceiro setor, a imprensa e o setor privado, realizem ações especiais para proteger quem mais precisa”, completa.

Além dos coordenadores das defesas civis estaduais e municipais, também participaram do encontro representantes dos ministérios da Cidadania, da Saúde e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos no esforço de integração das forças públicas contra os efeitos da baixa temperatura.

Cuidados especiais
Segundo o meteorologista Tiago Molina, do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), a população deve se manter abrigada e hidratada durante o período de frio. Também é necessário um cuidado especial com animais domésticos. “As recomendações da Defesa Civil são prestar atenção à população mais vulnerável, como idosos, crianças, enfermos e moradores de rua, além de abrigar animais domésticos nas noites mais frias, se agasalhar bem e beber bastante água”, detalha.

por Ministério do Desenvolvimento Regional

Comentários comentar agora ❯