24 Junho 2021 - 22:33

América-MG e Juventude empatam pela sexta rodada do Brasileirão

Fernando Moreno/AGIF
América-MG e Juventude se enfrentaram no Independência pelo Brasileirão Assaí

Tudo igual na tarde desta quinta-feira (24) entre América-MG e Juventude. Em duelo válido pela sexta rodada do Brasileirão Assaí, mineiros e gaúchos empataram por 1 a 1 no Independência. Os gols foram todos em cobranças de pênaltis. Matheus Peixoto abriu o placar para os visitantes; Juninho Valoura fez o do time da casa e decretou a igualdade em Belo Horizonte.

Cada equipe soma um ponto na tabela de classificação. O América-MG está 19º, com dois pontos, enquanto o Juve aparece em 11º, com seis.

O jogo

Mesmo atuando longe de casa, o Juventude criou as melhores chances na etapa inicial, abriu o placar em cobrança de pênalti e desceu para o intervalo vencendo o Coelho por 1 a 0. Todavia, quem assustou primeiro acabou sendo o time da casa, logo aos cinco minutos, quando Juninho Valoura cobrou escanteio na área. Ribamar apareceu de surpresa e finalizou com muito perigo para Carné.

Depois, na marca dos 19, Paulinho Boia desceu pela direita e arriscou de fora da área. Jori se esticou todo e fez a defesa segura. No minuto seguinte, Rafael Foster soltou a bomba do meio da rua e tirou tinta da trave do Coelho. Até que, na marca dos 33, Paulinho Bóia foi derrubado dentro da área. Pênalti para o Juve. Matheus Peixoto foi para a cobrança e bateu no cantinho, tirando qualquer chance de Jori.

Na volta para a etapa final, logo aos seis, Wescley cobrou falta com perigo e quase fez o segundo do Juventude. E a vida do América-MG ficaria ainda mais complexa na partida. Aos 28, Ricardo Silva recebeu o segundo amarelo por falta em Matheus Peixoto e foi expulso.

Mas o Coelho não desistiu, e igualou também em cobrança de pênalti. Após Ribamar ser derrubado na área, Juninho Valoura bateu no cantinho direito e deixou tudo igual. No fim, a igualdade prevaleceu em Belo Horizonte. Foi o quarto empate dos mineiros na Série A. Os gaúchos somam três.

por CBF

Comentários comentar agora ❯