19 Junho 2021 - 17:12

Saúde continua com assistência a pessoas em situação de rua

Equipe – Consultório na Rua
Profissionais do Consultório na Rua em ação

Com a proposta de ampliar o acesso da população em situação de vulnerabilidade social aos serviços de saúde, os profissionais do Consultório na Rua, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), contam com uma equipe multidisciplinar composta por técnicos de enfermagem, psicólogos, terapeutas ocupacionais, agentes sociais, técnicos em saúde bucal, músicos e artistas que levam, além de atendimentos de saúde, conforto para essas pessoas.

Na área de saúde bucal, por exemplo, técnicos do Consultório de Rua realizaram triagem, durante a semana, em 60 pessoas em situação de vulnerabilidade na Casa de Passagem São Vicente de Paula, no bairro de Jaraguá. Após a triagem, os especialistas vão dar início ao tratamento dos problemas detectados.

Neste contínuo enfrentamento à pandemia da Covid-19, a Secretaria Municipal de Saúde vem constatando uma série de vulnerabilidades, no entanto tem direcionado equipes com um olhar mais atento e diferenciado à população em situação de rua. Entre as atividades desenvolvidas, estão as ações de rotina, que continuaram a ser realizadas mesmo durante esse período.

“Continuamos realizando os cuidados primários no espaço da rua, como higiene pessoal e do local, curativos, vacinação, atendimento e acompanhamento de problemas clínicos diversos, cuidados relacionados à saúde mental, álcool e outras drogas. Vacinação, atendimentos de saúde bucal, acompanhamento de gestantes, articulação com hospitais, maternidades, entre outros serviços também são constantes”, destaca Jorgina Sales, coordenadora do Consultório na Rua.

Além de manter os serviços de rotina, os profissionais também desenvolveram ações especificamente voltadas para o período de pandemia, como disponibilização de álcool em gel 70% e máscaras faciais de proteção descartáveis, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), ações informativas e educativas sobre prevenção e controle da Covid-19 na rua e nos abrigos.

“Também foi feito o acompanhamento e monitoramento dos casos suspeitos e confirmados da Covid-19 tanto na rua quanto nos locais de acolhimento. Estamos fazendo testagem para Covid-19 junto a essas pessoas e aquelas que apresentam resultados positivos têm sido isoladas em locais estabelecidos, em articulação com a Secretaria Municipal de Assistência Social, e encaminhadas para os serviços de referência”, afirma a coordenadora do Consultório na Rua.

Vacinação – A vacinação de pessoas em situação de rua também está entre as ações voltadas para esse público durante a pandemia. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, já foram vacinadas 1.315 pessoas com a primeira dose. As pessoas que iniciaram o processo de imunização se encontram nas ruas, em unidades de acolhimento ou moradias irregulares, como barracos e assentamentos. A equipe também monitora os possíveis eventos adversos após a imunização contra a Covid-19.

Parcerias – Durante esse período, os profissionais identificaram relatos frequentes das pessoas em situação de rua acerca do aumento da fome e da escassez de alimentos devido a fechamento do comércio, bares, restaurantes e suspensão de atividades de disponibilização de refeições na rua por Organizações Não Governamentais (ONGs). Dessa forma, algumas equipes do Consultório na Rua deram início a distribuição de quentinhas e cestas básicas, doadas por instituições parceiras.

por Assessoria

Comentários comentar agora ❯