26 Julho 2021 - 22:48

Brigadas de Pronto Emprego do Ibama garantem atendimento de elite a incêndios florestais no Brasil

Vinícius Mendonça - Ibama
Ibama atua como uma força de elite no combate aos incêndios florestais

Brasília (21/07/2021) - As Brigadas de Pronto Emprego do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) atuam como uma força de elite no combate aos incêndios florestais, operando principalmente em ações de combate ampliado. O trabalho é realizado pelo Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo).

Na semana passada, os brigadistas participaram de treinamento com recursos aéreos para combater incêndios florestais no Brasil. A capacitação aconteceu entre os dias 12 e 16 de julho, em Porto Velho (RO), e contou com a participação da Policia Militar e do Corpo de Bombeiro de Rondônia. A capacitação aconteceu antes do período crítico de incêndios no país, garantindo equipes ainda mais preparadas para eventuais necessidades.

A mobilização das brigadas de Pronto Emprego ocorre em menos de 24 horas para qualquer região do país. Com a utilização de aeronaves e recursos tático aéreo, como a descida de rapel, o combate ganha mais eficiência e agilidade, garantindo melhores resultados.

As equipes podem ser acionadas para combater incêndios mediante emergência considerada fora de controle, ou para dar suporte a outras instituições de preservação ambiental. Em casos graves, o Ibama também pode solicitar apoio de entidades estaduais e federais. Tais medidas são fundamentais para garantir segurança e sucesso das operações.

Com toda a estrutura de transporte aéreo e treinamentos intensificados, os prejuízos à biodiversidade causados pelos incêndios florestais se tornam cada vez menores. Além de proteger a vida humana, as operações de combate estratégico também protegem animais silvestres que lutam para sobreviver durante o período da seca.

Este ano, o Brasil aumentou o número de brigadas de Pronto Emprego, ao todo 400 agentes entre chefes de brigada, chefes de esquadrão e brigadistas participam das equipes espalhadas pelo país:

Brigada Cerrado - Barreiras/BA
Brigada Caatinga - Quixeramobim/CE
Brigada Tiro Quente - Distrito Federal
Brigada Quilombola - Cavalcante/GO
Brigada Maranhão - Maranhão/MA
Brigada Pantanal Sul - Corumbá/MS
Terra Indígena de Bacaíri/MT
Brigada BR 163 - Itautuba/PA
Serra Talhada/PE
Brigada Montanhistas - Rio de Janeiro/RJ
Brigada Amazônica - Porto Velho/RO
Brigada São Marcos - Município de Pacajá/RO
Brigada Indigena Xerente - Tocantins/TO  

por IBAMA

Comentários comentar agora ❯