26 Julho 2021 - 14:15

Equipe da Adema auxilia nos trabalhos de identificação de baleia jubarte

Divulgação
Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema)

Na manhã do domingo(25), uma equipe de fauna da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) foi acionada para auxiliar na ação de identificação de uma baleia que se encontrava encalhada nas proximidades de um resort, na Praia da Costa, no município da Barra dos Coqueiros, no Território da Grande Aracaju.

Após a avaliação clínica preliminar do animal, os profissionais constataram se tratar de uma baleia jubarte (Megaptera novaeangliae), macho, tendo cerca de 15 metros de comprimento e aproximadamente entre 15 e 20 toneladas.

De acordo com o médico-veterinário da Adema, Daniel Alievi, o cetáceo já estava sem vida. “Segundo informações de populares, há alguns dias a baleia havia sido avistada boiando próxima às plataformas de petróleo da Petrobras, tendo a força da maré deslocando-a até a praia, no dia de hoje”, explicou.

O profissional declarou que outras ações para com a baleia serão executadas.“Profissionais de uma empresa terceirizada pela Petrobras, que realiza o monitoramento de praias nos litorais de Alagoas e Sergipe, fizeram a coleta de material biológico e encaminharão as amostras para exames laboratoriais, a fim de identificar a causa mortis. No que diz respeito ao corpo, por se tratar de um animal muito grande, será feito o esquartejamento, e, posteriormente o transporte para o destino das partes, não estando definido se elas serão incineradas ou enterradas”, ressaltou.

 É muito comum nessa época do ano, as baleias jubartes fazerem a sua rota migratória tendo as praias do Nordeste como destino, uma vez que nesse período elas estão na fase de acasalamento, e, buscam as águas mais quentes (o que encontram no litoral nordestino) para copularem.

por Agência Sergipe

Comentários comentar agora ❯