27 Julho 2021 - 13:01

Dia Mundial de Proteção aos Manguezais é celebrado com ação de limpeza do Ministério do Meio Ambiente

Reprodução/MMA
Foram realizados mutirões de limpeza integrados nos mangues do rio Formoso e do rio Mamucabas.

No último sábado (24/7), foram realizados mutirões de limpeza integrados nos mangues do rio Formoso e do rio Mamucabas, nos municípios de Rio Formoso, Sirinhaém, Tamandaré e Barreiros, em Pernambuco, em celebração ao Dia Mundial de Proteção aos Manguezais, comemorado hoje (26/7). A ação, que resultou em meia tonelada de resíduos coletados, faz parte do Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar, lançado em 2019 pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA).

O mutirão de limpeza contou com 50 participantes, distribuídos em 2 grupos, e foi realizado conforme protocolos de segurança sanitária, mediante testagem, uso de máscaras e distanciamento social. A ação permitirá, além da recuperação desse importante ecossistema, obter informações necessárias às ações de controle e monitoramento, enfatizando a importância da prevenção da poluição e a necessidade do descarte adequado do lixo. Os materiais recicláveis foram triados e enviados para a associação de catadores de Tamandaré e o restante coletado foi destinado de forma ambientalmente adequada pelo Consórcio Portal Sul, integrado por municípios da Zona da Mata Sul de Pernambuco.

Os manguezais, além de serem o habitat de inúmeras espécies de peixes, crustáceos e moluscos, como siris, caranguejos, camarões e ostras, são berçário e área de alimentação para um número ainda maior de espécies que dependem destes ambientes para nascer, crescer e se desenvolver. A contaminação dos manguezais com resíduos sólidos compromete o funcionamento desses ecossistemas, afetando o ciclo de vida de diversas espécies e prejudicando a quantidade e a qualidade da vida aquática. Daí a importância de se evitar a poluição dos mangues, e quando a poluição já ocorreu, a limpeza destas áreas é essencial para a preservação da biodiversidade, e também para diversas atividades econômicas como a pesca, o turismo e a navegação.

A ação de limpeza, coordenada pela Secretaria de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente com apoio da Secretaria de Biodiversidade, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), da Marinha do Brasil e da GIZ, no âmbito do Projeto TerraMar, contou com participação da Secretaria Nacional de Aquicultura e Pesca (SAP/MAPA), da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado de Pernambuco (SEMAS/PE) da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (ANAMMA) e de grupos que atuam em mutirões na região: Instituto Ecoeducar, Voluntários do Planeta, Manguezal Marítimo, Instituto Garis Marítimo e Associação de Catadores de Tamandaré.

Combate ao Lixo no Mar

O Plano de Combate ao Lixo no Mar, inédito no País, foi lançado pelo MMA em março de 2019 e contempla ações que vão desde a gestão de resíduos sólidos até ações de limpeza de praias, rios e mangues, com gestão dos resultados para melhoria contínua, com o objetivo de aprimorar a qualidade ambiental nas cidades e, consequentemente, proporcionar uma melhor qualidade de vida para as pessoas.

Saiba mais sobre o plano de Combate ao Lixo no Mar

por Ministério do Meio Ambiente

Comentários comentar agora ❯