05 Maio 2022 - 09:05

Empresário do ramo de acessórios automotivos é condenado a 9 anos de prisão por estupro em Penedo

Divulgação
Fórum Desembargador Alfredo Gaspar de Mendonça

O empresário do ramo de acessórios automotivos, Thiago Caroso Santana, de 35 anos, foi condenado pelo juiz Nelson Fernando de Medeiros Martins, titular da 4ª Vara Criminal de Penedo, a 09 anos de prisão por violência sexual.

O magistrado negou ao acusado o direito dele recorrer em liberdade e determinou que a pena seja cumprida, inicialmente, em regime fechado, assim que o mesmo for localizado e preso.

O crime foi registrado no dia 20 de outubro de 2019 durante uma viagem de ônibus, onde estavam presentes familiares e amigos da vítima e do acusado, que desde então, encontra-se foragido.

De acordo com o delegado Gustavo Xavier, que à época respondia pela Delegacia Regional de Penedo e investigou as denúncias contra o acusado, durante a viagem, o empresário teria sentado ao lado da vítima e na volta acabou abusando da menor.

O empresário do ramo de acessórios automotivos é suspeito de ter praticado outro estupro de vulnerável, dessa vez no ano de 2016. “Segundo depoimento do menor, no carnaval daquele ano, no interior de um carro, Thiago teria tentado tocar suas partes intimas, não conseguindo, tentou fazer com que o menor o tocasse”, complementou o delegado no inquérito policial enviado à Justiça com o pedido de prisão do acusado.

Em depoimento, o menor afirmou que, na época em que o incidente aconteceu, seus familiares não tiveram coragem de denunciar o crime, no entanto, com a notícia desse novo caso, seus pais decidiram procurar a polícia. As duas vítimas residem na mesma rua em que o investigado morava com seus familiares, no bairro Santo Antônio, conhecido historicamente como Barro Vermelho.

Essa segunda acusação ainda segue em investigação. 
 

por Redação

Comentários comentar agora ❯