Blog da Juventude

Blog da Juventude

Por Willian Nelson

Postado em 24/07/2012 13:19

"ESTRESSADA, eu?"


ESTRESSE, embora pareça assustador, a verdade é que tem atingido as pessoas cada vez mais cedo, mas cada um responde a isso de maneira diferente. O estresse nada mais é do que uma reação do organismo a situações de extrema tensão, sejam elas reais, ou até imaginárias.

Até quem prefere ter uma vida cheia de desafios pode sofrer as consequências de uma hora para a outra. Afinal, para se defender, o corpo dá sinais de que algo não está legal.

Cada vez mais comum nos dias de hoje, o estresse pode ser entendido como uma resposta do organismo a situações de exaustão, cansaço excessivo ou pressão exagerada. Ansiedade, baixa imunidade, pouca disposição e falta de interesse para a atividade sexual são alguns dos sinais do estresse. Dor de cabeça constante, insônia e alterações de apetite (fome permanente ou, por outro lado, falta de apetite) também são comuns. O problema também relacionado a doenças como o câncer, crises de asma ou bronquite, além de problemas cardiovasculares - isso porque o estresse provoca o aumento da pressão arterial.

 


Estresse pré-vestibular?

O estresse é uma reação normal para pessoas de todas as idades. A causa é o instinto do corpo para proteger-se de uma pressão emocional ou física, de extremo perigo. Entre os tantos monstros enfrentados na adolescência (amor, amizade, dúvida, escolha, mudança), o vestibular é o mais temido de todos. Neste período de preparação, não são poucos os casos em que escola e família identificam estudantes agressivos, angustiados ou deprimidos, com algum distúrbio de humor ou também de sono.

Além da exigência de se fazer a escolha profissional tão cedo, existe pressão dos pais, do cursinho, competição dentro e fora da escola. Expectativa por êxito social e financeiro também são comuns. É nesse momento que começa a formação de uma identidade.

Portanto, a solução é enfrentar esse período com muita Organização, Descanso e Apoio da família!

 

 

Xô, estresse! 


Se você costuma ser chamada de “garota TPM”, talvez esteja na hora de procurar uma maneira de relaxar. Exercícios físicos e terapia são ótimas maneiras de fazer você se sentir melhor, mas também há alternativas que podem deixá-la mais tranquila e calma:
 

 

 

• Alongue-se.

• Caminhe lentamente enquanto sente o vento bater no seu rosto.

• Faça uma massagem.

• Tome um banho morno.

• Aproveite o tempo livre para fazer algo que lhe dê prazer, seja escrever, pintar, plantar, dançar, cantar...

• Tenha um momento nostálgico e reveja fotos de dias incríveis. Cartas, e-mails e mensagens no celular também valem!

•Abrace. Pode ser a mãe, o pai, o namorado, a amiga, o cachorro...

• Veja uma comédia romântica fofa.

• Tome um chá ou um chocolate quente.

• Ouça a sua música predileta no último volume.

• Leia o livro de que você mais gosta.

 

 

Dúvidas ou Sugestões: [email protected]
 

Comentários comentar agora ❯